Acessando o Banco do Brasil no Ubuntu 12.04 64bits

Atualização 21/07/2013: numa instalação nova do Ubuntu 12.04 além dos passos abaixo tive também que criar o seguinte link simbólico (não sei dizer se isso se deve a uma mudança no site do BB, no Java ou no Firefox)

De tempos em tempos surge algum problema para acessar o site do Banco do Brasil no Ubuntu. No começo do ano quando atualizei para a versão 12.04 do Ubuntu tive que instalar o Java 6. Esse mês fazendo uma nova instalação do Ubuntu 12.04 encontrei uma solução para que o site do BB funcione com o Java 7. Segue abaixo o que fiz (todos os comandos executados como root):

A grande sacada é a criação do diretório /etc/.java/.systemPrefs. Dica que encontrei no post Banco do Brasil em 64 bits: Solução definitiva?

Se você já fez alguma tentativa de instalação do Java é uma boa ideia remove-la antes.

Como instalar e configurar a impressora multifuncional HP d110a no Ubuntu

Atualização 21/08/2011: muita gente tem comentado nesse post relatando problemas para configurar essa impressora no Windows. Só para esclarecer uso Linux e a d110a funciona perfeitamente nele (tanto USB quanto wireless). Não tenho Windows então não tenho como ajudar quem usa esse sistema operacional.

Sou usuário de Linux, mais especificamente do Ubuntu, há muitos anos. Na minha experiência um dos principais problemas é na hora de instalar uma nova placa ou periférico. Nem sempre existe suporte para Linux e mesmo quando existe a instalação muitas vezes não é simples ou o suporte é parcial (vale notar que isso ocorre porque os fabricantes não desenvolvem drivers para o Linux ou drivers de código aberto e não por um problema do Linux em si).

Resolvi escrever esse post pois comprei uma impressora multifuncional HP d110a essa semana e fiquei impressionado com a simplicidade de sua instalação e configuração. Não foi necessário instalar nenhum driver, baixar alguma coisa da internet, usar algum CDROM. Isso graças ao hplip, um software livre desenvolvido pela própria HP para suportar as impressoras e multifuncionais no Linux. Veja a lista de modelos suportados pelo hplip.

Apesar desse post ser sobre a d110a, imagino que o procedimento seja o mesmo ou muito semelhante para praticamente todos os modelos da HP.

Instalação da HP d110a no Ubuntu

Os próximos passos assumem que a impressora está ligada e está conectada na mesma rede sem fio que o computador rodando Ubuntu. Não testei a configuração da impressora usando um cabo USB, mas os procedimentos devem ser muito parecidos.

  1. No menu Sistema -> Administração -> Impressão clique no botão “Adicionar”
  2. Expanda o item “Impressora de rede” e a sua impressora deve aparecer listada como “HP Photosmart D110”. Se a impressora não aparecer selecione “Localizar impressora de rede” e depois clique no botão “Localizar”.Tela de busca de impressora de rede
  3. Selecione “HP Photosmart D110” e clique em “Avançar”. Na tela seguinte coloque um nome para sua impressora ou então use o nome padrão. Clique em “Aplicar”.
  4. Pronto a impressora está instalada. Se quiser pode optar por imprimir uma página de teste. Na sequência você deve ver a tela abaixo.Tela já com a impressora instalada
  5. Para ter acesso aos nível de tinta de cada um dos cartuchos pelo Ubuntu (é possível ver essa informação diretamente na impressora), instale o pacote hplip-gui e vá em Sistema -> Preferências -> HPLIP Toolbox. Com esse software é possível também alterar várias configurações da impressora.Nível de tinta dos cartuchos da d110a

Configurando o scanner

Após realizar os passos acima. Não é necessário nenhuma configuração adicional para usar o scanner. Vá em Aplicativos -> Gráficos -> Digitalizador simples e digitalize o que quiser. Abaixo uma imagem do Digitalizador simples depois de digitalizar a página de teste do Ubuntu que foi impressa usando a própria impressora.

Usando o scanner da d110a

Como manipular metadados de fotos no Linux com o exiv2

Atualização 21/06/2011: o Xavi comentou abaixo que o Shotwell tem uma opção para editar os metadados em lote. Fica a dica para quem prefere a interface gráfica. Para mais informações http://yorba.org/shotwell/help/edit-time-date.html

Algumas vezes quando viajo mais de uma pessoa leva câmera fotográfica. Quando volto, gosto de juntar todas essas fotos em um único diretório e renomear elas de acordo com a data de criação para poder vem as fotos em ordem independente da câmera. Para fazer isso uso a ferramenta para renomear em lote do software digiKam. Para fazer isso, usava o digiKam mas não encontrei essa opção na nova versão que vem com o Ubuntu 9.10. Utilizei então o Krename.

Porém, algumas vezes a data e o horário de uma das câmeras não está certo e, por tanto, o metadado referente a data de criação das fotos está errado. Para poder renomear as fotos levando em conta a data de criação é necessário então primeiro corrigir o metadado. Para isso utilizo o exiv2, uma ferramenta de linha de comando para linux para editar metadados de fotos.

Para instalar o exiv2 no Ubuntu basta rodar o seguinte comando:

sudo aptitude install exiv2

Para ver os metadados de uma foto basta passar o nome do arquivo como primeiro parâmetro para o software (onde foto.jpg deve ser trocado pelo nome do arquivo):

exiv2 foto.jpg

Também é possível inserir, deletar, modificar ou renomear metadados. Informações sobre como utilizar esses recursos podem ser obtidas na man page do programa:

man exiv2

Existe ainda o recurso de ajustar a data e horário de criação de uma ou mais fotos passando um número de horas, ou dias, ou meses (etc). Com isso basta descobrir em quanto a data da câmera que tirou as fotos estava errada (comparando por exemplo os metadados de duas fotos tiradas com câmeras diferentes mais ou menos no mesmo horário) e utilizar o recurso de ajustar data e horário do exiv2.

A opção para ajustar é a ad e ela depende de pelo menos mais um parâmetro que pode ser (tradução livre da man page):

  • -a tempo – Ajustar tempo no formato [-]HH[:MM[:SS]]. Essa opção só pode ser usada com a ação de ajustar (ad). Exemplos: 1 adiciona uma hora, 1:01 adiciona uma hora e um minuto, -0:00:30 subtrai trinta segundos.
  • -Y anos – Ajuste de tempo com base num número positivo ou negativo de anos.
  • -O meses – Ajuste de tempo com base num número positivo ou negativo de meses.
  • -D dias – Ajuste de tempo com base num número positivo ou negativo de dias.

Por exemplo, para arrumar em uma hora e meia o horário de todas as fotos da extensão JPG que estão em um determinado diretório:

exiv2 ad -a 1:30 *.jpg

Ou então para subtrair duas horas, quarenta minutos, quinze dias e dois meses:

exiv2 ad -a -2:40 -D 15 -O 2 *.jpg

Ps: alguém conhece alguma interface gráfica para Linux que permite fazer esse tipo de manipulação de fotos?