Digressão

Slack line em El Chaltén

Slack line em El Chaltén

Originalmente publicado em http://www.travelblog.org/South-America/Argentina/Santa-Cruz/El-Chalten/blog-241511.html


Apenas para aqueles que participam (ou participavam, já que há dois dias atrás Mayra e Rafa iniciaram a volta para São Paulo) da viagem: estou no acampamento logo após jantar, um chilique Rafael toma conta de mim e começo a buscar anciosamente um papel e uma caneta para escrever o que segue. Quando manifesto essa vontade para o Xuxa, este também é acometido por um chilique Rafael pois tem que me emprestar papel e caneta. Felizmente o primeiro chilique venceu e este post ganhou vida.

Da última vez que escrevi neste blog fiz um relato da nossa experiência no Circuito Grande – Torres del Paine e manifestei minha expectativa de que o relato pudesse ser útil para alguém que quisesse fazer o mesmo. Uma das coisas que mais gosto na internet é a possibilidade dos consumidores de informação se tornarem potenciais produtores. Acho que em grande parte é por isso que trabalho com desenvolvimento de software livre, wiki e afins.

Nessa cadeia sempre me senti mais um produtor de matéria-prima (desenvolvimento das ferramentas que possibilitem que as pessoas produzam por conta própria) do que um produtor de informação pronta para consumo. De alguma forma o post anterior foi minha primeira aventura neste segundo mundo. Hoje ao abrir o e-mail fiquei muito feliz ao ler uma mensagem de um brasileiro chamado Edson que vai fazer o circuito em fevereiro e leu o relato que escrevi.

O ciclo se fechou e a informação produzida atingiu algum lugar, afinal sem isso ela não faz sentido. Senti algo parecido com o que senti quando pessoas interagiram com as minhas primeiras edições na Wikipédia ou quando notei a quantidade de pessoas que já viram o vídeo sobre a viagem de bicicleta. O grande barato da internet é ser apenas mais um meio (muito eficaz para algumas coisas e pouco para outras) de conectar as pessoas.

Se alguém se interessar pelo assunto sugiro o livro The Wealth of Networks escrito por Yochlay Benkler que li para a matéria Informação, Comunicação e a Sociedade do Conhecimento. Mudando o assunto para conhecimento livre, este livro esta disponível na íntegra pela internet de forma gratuita e mesmo assim é um sucesso de vendas, sendo por mais de um ano um dos títulos mais vendidos na Amazon.com. Como trabalho final para matéria que comentei acima escrevi um pouco sobre a sociedade interconectada da informação (um dos conceitos centrais do livro do Benkler) e educação.

Enfim, escrevi essa digreção pois me animei em ver uma resposta tão rápida ao post e para dizer que, motivado por isso, na sequência vou postar sobre nossa experiência em El Chaltén no mesmo esquema que escrevi sobre o Torres del Paine.

This entry was posted in argentina and tagged , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">